Coisas que aprendi com a idade

O tempo é muito engraçado. Durante anos somos pressionados a ser quem não somos, a sermos mais velhos, seja para a programação da tv ou para uma festa, para poder namorar, sair de casa sozinhos. Queremos destruir o fígado com bebidas que ainda nem podemos comprar e fazer viagens que não podemos pagar, para lugares bem distantes. Queremos não estudar e ter mais tempo para viver. Viver com amigos e aventuras. 

Mas aí o tempo passa e você já pode sair de casa sozinho, já pode beber o quanto quiser, pode (talvez) viajar... só que ainda é isso que você quer? Não, porque o ser humano tem a incrível tendência de não respeitar os padrões. Queremos sempre mais, menos, agora, depois, mas nunca no exato momento em que deve ser. Porque somos ansiosos demais. 

Com a idade aprendi que devemos respeitar cada momento e ciclo e que todos os dias da vida devem realmente ser levados a sério. Que não devemos viver um dia sem sorrisos, mas também não podemos deixar de viver as mágoas, afinal, quem nos ensinaria tanto quanto elas? 

Aprendi que existe momento certo para maquiagem e para borrá-la, que devo respeitar os meus limites - inclusive os meus limites de bondade. Que não devemos nos entregar de menos, nem demais, para nada, nem ninguém. 

A vida é uma, eu também, devo me esforçar para que seja interessante.

Nunca Fui Miss

Nunca Fui Miss é uma comunidade feminina que procura ir contra alguns padrões chatos de perfeição criados por aí. Escrevemos alguns pensamentos, ideias, coisas legais que vemos e acreditamos. Nosso único padrão é ser feliz!

Comente com o Facebook: